" /> APESE" />

Primeiro Concurso de Fotografia da ESE

O concurso “ A escola vista por ti! é um concurso integrado no evento a decorrer no dia 19 a 20 de Março de 2015, nos dias do Agrupamento Escolas Ermesinde, organizado pela APESE, aberto à participação de todos os alunos, desde o 5º ao 12º ano de escolaridade (distribuídos por 2 escalões etários: 1º escalão- 5º, 6º, 7º, 8º e 9º anos; 2º escalão- 10º, 11º, 12º anos).

O concurso tem como objetivos sensibilizar os jovens, por forma a mobilizar os seus sentidos para a capacidade de observação do meio profissional que o rodeia e incentivá-los a desenvolver e a valorizar competências técnicas e de criatividade no âmbito da fotografia.

Este concurso visa ainda selecionar e premiar os melhores trabalhos em cada nível de ensino. Todos os trabalhos a concurso serão expostos durante os dias do evento de 19 a 20 de Março 2015 na ESE.

 

 

 

                              Prémios e Regulamento

Ação de formação

A APESE irá proceder à realização de um workshop: Coaching- a alavanca para o sucesso. 

Esta Workshop, é direcionada para todos aqueles que pretendam aplicar o Coaching como processo indispensável à superação pessoal e profissional, de acordo com as suas competências e aptidões.

Carga Horária: 6 Horas

Data: 20 e 27 de Fevereiro de 2015

Data: 20 e 27 de Fevereiro de 2015
Horário: Das 18:30 às 21:30 Horas Uma Local: Escola Secundária de Ermesinde
Pré-Requisitos: Pais, encarregados de educação, familiares de alunos, professores e colaboradores
Custo: €10,00
Inscrições: apeseatividades@gmail.com
Horário: Das 18:30 às 21:30 Horas Uma Local: Escola Secundária de Ermesinde
Pré-Requisitos: Pais, encarregados de educação, familiares de alunos, professores e colaboradores
Custo: €10,00
Inscrições: apeseatividades@gmail.com
20 e 27.Fev
A parti
02.Mar.2
1ª Ediç
06.Mar.2
ões na
ROJE
A
STA
ção
v.2015

 Horário: Das 18:30 às 21:30 Horas

 Local: Escola Secundária de Ermesinde

 Pré-Requisitos: Pais, encarregados de educação, familiares de alunos, professores e colaboradores

Custo: €10,00

Inscrições: apeseatividades@gmail.com

 As inscrições estão abertas!

 

Associação Pais

Bem-vindos à página web da Associação de Pais e Encarregados de Educação de Escolas Secundária Ermesinde!

 Este espaço destina-se à divulgação e comunicação de informações da Associação de Pais da Escola Secundária de Ermesinde. Trata-se de um espaço dinamizado pelos intervenientes da Associação de Pais, que irá tentar funcionar no sentido de melhorar a comunicação entre os Pais e Pais-Escola-Pais. 

Informações do interesse da comunidade escolar, legislação importante para os pais, artigos de opinião, espaços de debate e notícias poderão vir a ser incluídos na página da Escola.

Mas sabemos que, mesmo assim, não será suficiente...

Precisamos das opiniões de todos - há quem lhes chame "críticas".

Só com elas, poderemos melhorar a cada dia, limar as arestas que todos os trabalhos têm, e aproximar as ideias dos ideais.

Para melhorar a Comunicação entre todos, criámos esta página.

Só falta mesmo uma coisa: a Sua Participação

 

Precisamos das suas opiniões!

Contamos mesmo Consigo!

A colaboração de todos será muito importante para a dinamização de um espaço que se quer vivo!Se pretender inscrever-se como sócio da associação, dirija-se, por e-mail à associação ou preencha a ficha de inscrição e coloque numa das caixas de correio da APESE na Escola(junto ao PBX ou entrada dos alunos).

Contacto (e-mail): apeseermesinde@gmail.com

 

Boas Festas!

Que o voluntarismo e a generosidade que nortearam os magos há dois mil anos sirvam para cimentar a paz, o amor e a esperança num futuro melhor.

 

A APESE da escola secundária de ermesinde deseja um FELIZ NATAL aos que lhe são mais próximos.

Boas Festas!

Feliz Natal!

Projeto balão estratosférico

Decorreu no dia 10 de Dezembro 2014 no auditório da ESE, a apresentação formal do projeto balão estratosférico inserido no projeto da FEUP "STRAPLEX" que conjuga ciência, engenharia e tecnologia.

Esta atividade de divulgação contou com a presença do responsável pelo projeto, Professor Sérgio Reis, bem como docentes que já realizaram o projeto em anos anteriores.

A apresentação teve uma duração de 15 a 20 minutos, com esclarecimento de dúvidas, caso existissem.

 

 Dado o inegável interesse do projeto para o Agrupamento, para a cidade de Ermesinde e até para o concelho de Valongo salientamos o empenhamento de todos no sucesso da iniciativa.

 

Dia Mundial da Ciência

Na semana de 24 a 27 de novembro, no âmbito da comemoração do “Dia Mundial da Ciência”, o departamento das Ciências Experimentais irá levar a cabo um conjunto de iniciativas (Cartaz). Com a dinamização destas atividades pretendemos promover o estudo das Ciências, divulgar a Ciência e tornar a sua aprendizagem divertida e motivadora.

Convidamos toda a Comunidade Educativa a participar nestas atividades.

 

O Departamento das Ciências Experimentais 

Entrega dos diplomas de Mérito e de Honra

No passado dia 11 de Novembro, no salão polivalente da ESE, deu-se a entrega dos diplomas de Mérito e de Honra aos alunos do Agrupamento de Escolas de Ermesinde. Tanto alunos como pais e/ou encarregados de educação, foram convidados para o respetivo evento com o objetivo de gratificar e recompensar os alunos pelo seu esforço e dedicação. Foram cerca de 161 alunos que receberam estes diplomas, que expressam as excelentes e notáveis classificações dos alunos durante o ano letivo 2013/2014. 

O Quadro de Mérito reconhece os alunos que, no final de cada ano escolar revelem capacidade de superação de dificuldades, desenvolvam iniciativas/ações de benefício social ou comunitário e desenvolvam ações de solidariedade para com os elementos da Escola ou fora dela. O Quadro de Honra reconhece os alunos que revelem excelentes resultados escolares na avaliação interna e externa e destina-se ao reconhecimento de aptidões e atitudes dos alunos que, ao longo de cada ano letivo, evidenciem valor e excelência nos domínios cognitivo, cultural, desportivo e social. 

Este evento contou com a presença especial do Presidente da Câmara de Valongo, do Presidente da Junta de Freguesia de Ermesinde, do Vereador da Educação da Câmara de Valongo e da Representante dos Encarregados de Educação. A entrega dos diplomas deu início com um breve discurso do Diretor do Agrupamento de Escolas de Ermesinde, seguindo-se os discursos dos respetivos convidados. 

Foi uma oportunidade para que toda a comunidade educativa prestasse uma homenagem a estes alunos que tanto nos enchem de orgulho e alegria. 


                                                                                                                       Pel´ direção

DIA DA ALIMENTAÇÃO ASSINALADO PELA ESCOLA D. ANTÓNIO FERREIRA GOMES E ESCOLA SECUNDÁRIA DE ERMESINDE

O grupo de Biologia/Geologia, em parceria com a equipa PES – Projeto Vida e Saúde, com a equipa da Biblioteca e com os professores de Educação Física, comemorou o Dia Mundial da Alimentação nas escola D. António Ferreira Gomes (DAFG) e Escola Básica/Secundária de Ermesinde (ESE).

Com esta atividade pretendeu-se: incentivar e motivar a comunidade educativa em geral, para a prática regular da atividade física e para a adoção de hábitos alimentares saudáveis; promover o conhecimento da Roda dos Alimentos; sensibilizar a comunidade educativa para a importância de uma alimentação saudável; valorizar a criatividade e espírito artístico dos/as alunos/as; criar condições favoráveis ao desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem e promover uma atitude interveniente na vida escolar.

As palestras na ESE tiveram lugar no Auditório, na DAFG decorreram na Biblioteca da escola. Este ano de escolaridade também participou, nas aulas de Educação Física, na medição do Índice de Massa Corporal – um método simples de se medir a gordura corporal.A importância desta temática prende-se com o facto destes alunos/as se encontrarem numa fase da vida – adolescência- em que passam por alterações importantes na composição corporal, caracterizadas por depósito maior de gordura em meninas e de massa muscular em meninos.

É também uma fase caracterizada por alterações morfológicas, fisiológicas e psicológicas, nas quais a nutrição desempenha um importante papel.

.

Falecimento


Informamos que faleceu a mãe da Dra Fernanda Carmem, professora da ESE.
O funeral realiza-se hoje 23/01/2014, 15H30 da capela mortuária de Ermesinde para o cemitério velho da cidade de Ermesinde.

A APSE menifesta o seu pesar e apresenta condolências à Dra Fernanda Carmem.

Ermesinde, 23 de janeiro de 2014

Pel' Direção

Reportagem fotográfica do 43º Aniversário da ESE

Veja as fotos na nossa página do facebook: facebook.com/PAISDAESE.

( Clique na imagem para abrir o álbum)

Os nossos sócios podem solicitar fotos em papel. Para isso basta enviarem mensagem através da nossa página no facebook.

Ermesinde, 18 de novembro de 2013

Placa de Mérito

No passado dia 16 de novembro, tal como estava previsto, a Associação de Pais entregou, pela mão da Sra Presidente da Assembleia Geral, a placa de mérido de reconhecimento ao corpo docente da Escola Secundária de Ermesinde.

 Ermesinde, 18 de novembro de 2013

 

43º Aniversário da ESE

A Associação de Pais entregará placa de mérido de reconhecimento ao corpo docente da Escola Secundária de Ermesinde.

 

14 de novembro de 2013

Reunião de trabalho de Nuno Crato com os diretores de agrupamento “Posição da APESE

 

Entre eles, Álvaro Pereira, da Escola Secundária de Ermesinde, um dos equipamentos escolares previstos para entrar em obras na 2ª fase de requalificação escolar, adiada como se sabe, mantinha um otimismo comedido, agora que os técnicos da DREN visitaram a escola, há cerca de um mês, visita essa da qual é suposto haver finalmente fumo branco para arranque dos trabalhos bem necessários e urgentes, de requalificação. O diretor da Secundária de Ermesinde apontava, por exemplo, que é inadmissível (para a Secundária de Ermesinde, naturalmente) haver na Secundária de Águas Santas mais computadores na sala de professores do que em toda a sua escola!

Além dos professores, com quem Nuno Crato iria reunir, a Associação de Pais da Escola Secundária de Ermesinde (APESE), também fez chegar à assessora do ministro da Educação, uma carta, assinada pelo seu presidente do Conselho Executivo, João Arcângelo, no qual este dirigente associativo lembrava os «graves problemas de racionalidade e otimização de meios e recursos» daquela escola, que aguardavam «sine die» o «já garantido investimento previsto e aceite pela tutela». Apontando depois que «embora todos os indicadores apontassem para uma data prevista e com o processo pronto meses antes da demissão do anterior governo», se assistia agora ao encalhar deste dossier, «com as negativas consequências previsíveis que o congelamento da decisão acarreta».

Aponta a APESE: «Na expectativa que o novo governo viabilizasse os trabalhos de requalificação da Escola Secundária de Ermesinde, tal não aconteceria. A imediata suspensão de todos os processos em curso – independentemente do seu nível de prioridade – possibilitou, uma vez mais, adiar indefinidamente, a resolução de um problema cujo alcance da rutura das próprias instalações, não será mais que a deterioração das mínimas condições de trabalho, ensino e de educação para com toda a comunidade escolar.

O avançado estado de degradação das suas instalações e a inexistência de espaços condignos, face às novas necessidades e que possam configurar uma melhor escola, deixam em profundo estado de abandono, as desejadas melhorias que todas as partes envolvidas reconheceram ser efetivamente prioritárias e inadiáveis.

Tendo em atenção a dimensão da própria escola e a sua longevidade, a legítima expectativa criada» torna necessária uma resposta, mesmo conhecendo e compreendendo a nota do ministro da Educação em que este, reconhecendo «(...) a necessidade e da importância de promover a requalificação e modernização do parque escolar (…)» ordenava «suspender todas as intervenções que não estivessem abrangidas por contratos de empreitada em curso – e, como tal a suspensão da intervenção na ES de Ermesinde –», a APESE acha que «na medida do possível, este assunto carece de ser tão rapidamente implementado e que a sua demora (demasiadamente demorada) como tem sido, provocou este ano letivo, o abandono de cerca de duzentos alunos desta escola (..)» transitados para um concelho limítrofe. Pelo que insiste na atenção do ministro ao caso particular desta escola.

in Jornal a Voz de Ermesinde edição de 25-09-2012 -- Jornal Online

SECÇÃO: Destaque

 

Novo Ano Escolar: Saudação

 

           Neste início de um Novo Ano Escolar, a Associação de Pais e Encarregados da Escola Secundaria de Ermesinde, não pode deixar de saudar todos os alunos em especial todos aqueles que, pela primeira vez fazem parte desta grande família que é a comunidade escolar que completa e engloba todos, na Escola Secundaria de Ermesinde.

          Como todos sabem, estamos a falar em nome de Pais/Encarregados de Educação; como não podemos esquecer essa condição e como não podia deixar de ser, queremos aqui e agora, saudar em especial, todos os que nessa condição Pais/Encarregados de Educação e, dizer que cremos contar com todos; formando um grupo coeso e dinâmico para que junto das mais variadas entidades, possamos fazer ouvir a voz de todos, em prol da resolução dos problemas da escola, do bem-estar dos alunos, de condições dignas para que os professores possam trabalhar condignamente no fundo, do ensino que cremos de qualidade com toda a gente motivada trabalhando num espaço onde todos se sintam bem e onde deia gosto estar e acima de tudo, deia gosto estudar; para que os nossos filhos amanhã, possam dizer que valeu a pena e foi com gosto que eu também estudei na Secundaria de Ermesinde.

Bom Ano Escolar a todos,

Pel’ APESE

João Arcângelo

Os 10 Mandamentos Para Os Pais

Ramiro Marques

1º Mandamento

         Coloque a função de mãe e pai em primeiro lugar há pais que pensam que educar um filho é apenas tarefa da escola. Inebriados com o sucesso profissional ou confrontados com um trabalho que não deixa tempo livre, muitos pais não se envolvem, diariamente, na educação dos filhos. Entregam-nos á escola e julgam que essa tarefa é apenas dos professores. Estão enganados. Educar uma criança exige atenção e disponibilidade. Os bons pais colocam a educação dos filhos em primeiro lugar e não enjeitam responsabilidades que são deles.

2º Mandamento

        Seja um bom exemplo ninguém gosta de ser considerado continuadamente um bom exemplo. É uma tarefa árdua e difícil. Exige muitas renúncias. Contudo, pode estar certo que os filhos imitam os pais, naquilo que eles têm de bom e de mau. Quando um pai dá exemplo de não gostar de trabalhar, de desonestidade ou de irresponsabilidade, é certo que está a transmitir uma mensagem errada aos filhos: é incorrecto ser preguiçoso, desonesto e irresponsável. Se quer dar bons exemplos aos seus filhos, seja diligente, pontual, trabalhador, honesto e justo. O seu exemplo vale mais do que mil lições de moral.

3º Mandamento

         Esteja atento, Educar um filho não é tarefa para se fazer sozinho. Os outros familiares, os amigos, os vizinhos, os professores e ate os vigilantes são, também, agentes que educam pelo exemplo. Por isso, esteja sempre atento aos que rodeiam o seu filho, aos amigos, aos vizinhos e também ao que se passa na escola.

4º Mandamento

         Envolva-se na escola do seu filho o envolvimento parental no processo educativo é uma variável que está geralmente associada ao bom desempenho escolar. Vá às reuniões, converse com os professores, peça e dê informações e colabore com os professores. Não faça criticas aos professores na presença dos seus filhos.

5º Mandamento 

         Controle e limite o acesso do seu filho a televisão e à Internet muitos conteúdos televisivos são telelixos e têm efeitos devastadores na educação do carácter das crianças. As crianças que vêem muita televisão e passam muito tempo a navegar na Internet têm mais probabilidades de serem obesas. Para alem disso, ao impedir que o seu filho tenha acesso a conteúdos que deformam a mente, que distorcem a realidade e que invertem os valores, você está a proteger o seu filho e a proporcionar-lhe um ambiente saudável.

6º Mandamento 

       Concentre-se no que é fundamental não tente que o seu filho seja um herói ou um santo. Centre a sua atenção naquilo que são os valores fundamentais, comuns a todas as civilizações e que estão no cerne da Cultura Ocidental: prudência, justiça, temperança, coragem, honestidade, responsabilidade e compaixão.

7º Mandamento

     Use linguagem moral não diga que o comportamento é apropriado ou inapropriado. Diga simplesmente que é bom ou mau, correcto ou incorrecto. As crianças têm de saber que há comportamentos que são sempre maus ou bons e não apenas inapropriados ou apropriados.

8º Mandamento

    Centre a sua acção na acção os discursos sobre a moral têm pouco efeito na educação do carácter. O mais importante de tudo são os hábitos. Certifique-se de que a sua filha desenvolve bons hábitos. Quanto aos maus hábitos, certifique-se de que o seu filho está envolvido num processo de correcção e de substituição dos maus hábitos por bons hábitos. As crianças devem saber que os comportamentos são mais importantes do que as intenções e os argumentos.

9º Mandamento

    Coloque a educação do carácter em primeiro lugar de que vale ter um filho que tem classificações excepcionais se ele é irresponsável, imprudente, intemperado, injusto e malcriado? Coloque a educação do carácter no centro das preocupações e mostre que não dá menos importância às virtudes morais do que às virtudes intelectuais. Não se esqueça de que o extermínio dos judeus pelos nazis foi conduzido por gente inteligente e culta.

10º Mandamento 

    Ame os seus filhos e mostre que os ama: não se esqueça, de que o amor é o sentimento mais forte e mais importante que existe. A virtude da amizade, onde se inclui o amor, é a virtude primeira, no sentido de que a virtude essencial é a conquista da felicidade. Se não mostrar que ama o seu filho, ele procurara o amor nos sítios errados com as pessoas erradas.

Notas:

1) Este texto foi inspirado em Ten commandments for parents. In

Ryan, K. e Bohlin, K (1999). Building Character in Schools. S.Francisco:

Jossey Bass e retirado do boletim da Escola Nacional de Pais.

A APESE, concorda e assina também este pequeno mas ilustrativo texto.

O Presidente da APESE,

João Calado Arcângelo

Editorial: Os deveres das Associações de Pais

 

As funções a assumir pelas Associações de Pais nem sempre são claras para a maioria dos Professores, Pais, Alunos e restantes membros da Comunidade Escolar.

Efectivamente, os problemas que interessam aos Pais na Escola assumem duas vertentes principais: os problemas de fundo, relacionados com o estabelecimento de regras, implementação e controlo das mesmas e gestão da Escola, por um lado, e os problemas relacionados com o dia-a-dia da Escola. Para simplificar, designaremos por trabalho estruturante o primeiro, e por trabalho de gestão corrente o segundo.

As Associações de Pais deverão confinar a sua actuação ao trabalho estruturante, deixando para o Director da Escola e restantes Órgãos de Gestão, a gestão corrente. Neste campo, competirá apenas às Associações de Pais mediar eventuais situações de conflito entre Pais, Alunos e a Escola, respeitando escrupulosamente as regras estipuladas pela Lei e pelo Regulamento Interno da Escola.

Assim, compete às Associações de Pais intervir na elaboração, actualização e/ou aprovação do Regulamento Interno das Escolas – documento que regula todo o funcionamento da escola e a relação entre todos os elementos da Comunidade Educativa -, Projecto Educativo e Plano de Actividades, entre outros, e integrar diversos Órgãos de Gestão das Escolas, nomeadamente o Conselho Geral, o Conselho Pedagógico e eventuais Comissões (Comissão de Avaliação Interna, no caso da ESE), onde, expondo as nossas ideias, tentamos que as Escolas melhorem o seu funcionamento, zelando por relações mais sãs entre os diversos grupos da Comunidade Escolar e por um sistema de ensino que conduza à formação de alunos que venham a transformar-se em pessoas e profissionais de sucesso. Competirá ainda tentar, junto das entidades competentes (DREN), e com a colaboração da Direcção da Escola, colmatar as necessidades materiais e de recursos humanos mais prementes, dando aos alunos as melhores condições de ensino. 

Ajude-nos a cumprir as nossas funções. Junte-se à APESE.

Francisco J. G. Silva

Presidente da APESE

 _________________________________________________________________________________